terça-feira, 2 de junho de 2009

2 comentários:

www.educaja.com.br disse...

Hoje não se valorizam idéias. A mídia valoriza nas bandas algumas coisas:
- mulher dançando e só 'popozudas',
- rostos formosos e padronizados,
- encantar um público fanático ou lunático,
- ter dinheiro pra se lançar no mercado,
- ser dono de uma gravadora ou filho do dono.

Quem prega revolução não é atração.

Camila disse...

Genial...

Ca